Postagens populares

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Jeruslém, a eterna


Jerusalém, O Muro das Lamentações e o Domo de Ouro ao Fundo

Se a História fosse distinta, certamente seria motivo de orgulho para tantos que se dizem amantes de Jerusalém,  constatar o quanto ela é tão  importante.para tantos. Mas não, os tempos de não paz, transformam o amar Jerusalém em questão de direito internacional, em questão de poder e posse.
"Façamos de conta que nada disso conta" e aceitemos com gratidão o fato de que ela existe, como é , para nós e para tantos outros que também a amam.
Mas hoje, mais do que nunca, permitamo-nos falar do nosso amor por ela- Yerushalaim Ir Hakodesh-  Cidade Sagrada. A cidade-capital-sinônimo de amor a toda Israel, pois quando a ela nos referimos, o fazemos também, lembrando o nome de uma das montanhas que a circunda- Yerushalaim Harim Saviv La - e dentre estas montanhas que a circundam, destacamos Sion.

Jerusalém vista do Monte das Oliveiras

No exílio, no primeiro, na Babilônia, vemos o salmista descrever com tanta beleza e paixão o pacto de fé e amor de todo um povo com sua amada capital: " Se eu esquecer de tí oh! Jerusalém(...)".
 No segundo e ainda hoje, oramos voltados para Jerusalém. Na tão querida Sefarad,  passamos a denominar Toledo,  Yerushalaim de Sefarad, não importa se por amarmos tanto a  Jerusalém, ou por orgulho de ser sefaradis e ousar comparar Toledo de España com Yerushalaim de Sion

Toledo na Esoanha - a Jerusalém de Sefarad

Sim que há muitos porques para nos alegrar e festejar- mas não sei se perceberam como falamos tanto deste amor, sem necessitar falar de posse e de direito...
Certos estavam nossos cabalistas, quando ao verem que Jerusalém era apenas ruínas tantas vezes violentada, abstraíram-se do material, distanciaram-se no tempo e no espaço, para cunhar, baseados em sua fé, o termo Yerushalaim Shel Mala - a Jerusalém de Cima, aquela Jerusalém que está num nível superior, ao qual só lograremos alcançar - e isso é possível a qualquer momento- quando e se fizermos jus

Um comentário: