Postagens populares

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

A vida sempre pregando suas peças...

Como poderão perceber, ontem mesmo, postamos uma divulgação sobre o livro recém lançado em Belém, pelo judeu paraense, Marcos Serruya, Cabelos de Fogo.
Tomamos tal decisão, a partir de uma conversa entre David Salgado e Elias Salgado, sobre como e quando tentaríamos realizar o lançamento do livro no Rio e  que precisávamos ajudar mais na divulgação do mesmo.
No momento do "post", Marcos já não se encontrava entre nós, mas a notícia ainda não havia chegado por aqui...
Tentaremos fazer de conta que nada aconteceu,ok? E mais do que nunca reverenciaremos a memória deste grande "ibri", fazendo o que nos pediu: ajudá-lo a divulgar sua obra. Para tanto, o Amazônia Judaica e o Universo Sefaradi envidarão todos os esforços para tentar realizar o lançamento de seu livro no Rio e onde mais seja possível.
David o conhecia muito bem, eram grandes amigos, portanto, postamos, a seguir, o que ele escreveu sobre nosso saudoso Marcos, no Blog do Amazônia Judaica


Marcos Serruya, na noite de lançamento de seu último livro, Cabelos de Fogo,em Belém


O óbvio que nunca é tão óbvio assim!

Todos nós sabemos que o Dr. Marcos tem problema sério de coração! Ninguém aqui pode dizer, eu não sabia!!!

Nem por isso, o óbvio é tão óbvio assim!

Um ser humano de verdade, humano com todos; com seus familiares, com seus amigos, com seus correligionários, com seus colegas profissionais, com seus pacientes, verdadeiramente muito humano.

Mas também muito espiritual, muita alma, muita vida. Inúmeras vidas, talvez até mais que sete, vidas após a morte e até vidas passadas.

Meu mais exemplar aluno!

Sim, dar aula de hebraico para o Dr. Marcos, é mais que um prazer, é uma lição, é muito mais aprender que propriamente ensinar. E todos nós aprendemos com ele, eu, Raquelita e Moises, todos aprendemos com o Kito.

Meu querido e eterno presidente!

Trabalhamos pela comunidade juntos, mesmo assim de tão longe, eu aqui em Israel e ele aí em Belém, continuamos trabalhando. Sua vida sempre repleta de afazeres, compromissos, mas nada mais importante, nem mesmo seu consultório é mais importante que a reunião de Diretoria do CIP ou da Sinagoga, ou a Festa de Chanuká, ou a de Purim... que valor tem sua vida sem esses prazeres comunitários... simplesmente nenhum.

Seu final de semana é com a família, sempre reunido com suas meninas, Celeste, Ingrid, Ava, com Debora e Karen mesmo que a seu estilo, sempre em casa quando não viaja para Mosqueiro. Mesmo quando ligo de Israel o encontro em familia aos domingos.

Meu grande amigo!

Sabe aquela história do encontro marcado de Fernando Sabino, pois é, eu e Marcos temos um encontro marcado todos os dias, quando faço minhas orações diárias encontro com o Marcos, também quando estou lendo jornal, vendo televisão, ouvindo notícias, dirigindo meu carro, sempre temos um encontro marcado. Meu grande amigo, são poucos.

- Marcos olha o coração. Dr. se cuida, não brinca com ele...

E assim como sempre falamos do futuro... futuro da comunidade, futuro do Brasil, futuro do Estado de Israel, sempre do futuro... reluto, recuso-me a falar no passado.

Um homem com tanta vida, mesmo sendo o mais óbvio no seu caso, por seu coração, para mim, não é tão óbvio assim.

Ele não morreu e não morrerá jamais.

Desejar a Marcos Serruya, 120 anos de vida, é nada no oceano de tantos anos que ele tem pela frente.

Marquito, meu amigo, viva para todo o sempre!!!



David Salgado – Jerusalém

Quinta vela de Chanuka 5771.

Um comentário:

  1. Olá, meu nome é Karen Serruya Chevis e sou filha de Marcos Serruya (de abençoada memória). Moro em SP e coloco-me à disposição para fazer uma parceria com vocês e tentar realizar o lançamento do livro Cabelos de Fogo aqui em SP.
    Shalom!
    Karen

    ResponderExcluir